Início » Seu corpo e sua saúde » Dicas de cabelo: veja como cuidar do seu!

Corpo Feminino

Dicas de cabelo: veja como cuidar do seu!

23 de novembro de 2020 | Por: Redatora E aí, rolou?

Crespos, cacheados, ondulados, lisos… Independentemente da forma dos fios, a gente se preocupa bastante com os cabelos e gostamos de vê-los bonitos e saudáveis, não é mesmo? Então, que tal ter dicas de cabelo para começar a cuidar ainda melhor do seu? 

Existem vários mitos relacionados aos cuidados capilares, por isso, é importante você ficar atenta pra não acabar prejudicando a saúde dos seus fios. Pensando nisso, resolvemos escrever este post especial sobre cuidados com o cabelo .

Ao longo do texto, você vai ver o que é o cabelo e como ele cresce, a importância do couro cabeludo e quais são os tipos de fios existentes. Depois, vamos dar dicas sobre corte, cuidados capilares e com o corpo que se relacionam com a saúde do cabelo. Ficou curiosa? Então continue a leitura!

O que é o cabelo e como ele cresce?

Antes de dar dicas de cabelo, é importante que você saiba exatamente o que ele é e como o crescimento acontece.

Os nossos fios são formados, principalmente, por proteínas conhecidas como queratinas, que promovem a proteção dos cabelos. Eles também contêm a melanina, que dá origem à cor natural.

Cada fio se divide em três partes: a cutícula, que é a camada exterior; o córtex, responsável por quase a totalidade do peso do fio, sendo constituído por queratina e melanina; e a medula, um canal oco que fica no meio do fio.

Ao todo, temos cerca de 100.000 fios, mas perdemos de 50 a 100 por dia, o que é considerado natural.

Os nossos cabelos crescem por causa da divisão e multiplicação dos queratinócitos, que são células localizadas no bulbo capilar, onde os fios se desenvolvem. Basicamente, essas células se dividem, são empurradas para cima e, assim, o cabelo cresce.

Portanto, os fios passam por três fases diferentes: nascimento, crescimento e queda. Isso significa que, neste momento, na sua cabeça, existem fios nascendo, outros se desenvolvendo e alguns caindo. Fique tranquila, porque isso é um processo natural do nosso corpo .

Ao falar sobre o crescimento do cabelo, também é importante citar o couro cabeludo. Afinal, é nessa pele que os cabelos se originam, sendo responsável por revestir o crânio. 

O couro cabeludo é fundamental para a nossa sobrevivência, porque atua como uma barreira física, proteção imunológica e isolante térmico. Ele tem uma configuração complexa, contando com diferentes componentes, incluindo a raiz capilar.

Portanto, a saúde do couro cabeludo vai impactar diretamente a saúde do cabelo como um todo. Então, caso você perceba alterações na região, como feridas e descamações, é importante investigar as causas disso juntamente de um dermatologista.

Quais tipos de cabelo existem?

Sabia que existem vários tipos de cabelo? As variações vão muito além das formas que certamente você conhece (liso, ondulado, cacheado e crespo). 

Dentro de cada um desses formatos, existem diferentes tipos de fio. Portanto, é fundamental seguir as dicas de cabelo de acordo com a forma dos seus fios.

Cabelo liso

O cabelo liso é aquele que naturalmente não apresenta nenhum tipo de ondulação. Geralmente, é mais oleoso que os outros. Existem três tipos de cabelo liso:

  • tipo 1A: é aquele fio bem brilhoso e grudado na cabeça, então se torna quase uma missão impossível deixar ele preso com elásticos de cabelo;
  • tipo 1B: esse fio já é um pouco mais encorpado e volumoso em relação ao anterior;
  • tipo 1C: os fios têm uma estrutura grossa.

Cabelo ondulado

Os cabelos ondulados têm o formato da letra “S”, sendo modelados com mais facilidade que os cabelos lisos. Também existem três tipos:

  
  

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba conteúdos exclusivos

  • tipo 2A: o comprimento não é tão afetado pela oleosidade como a raiz, e a forma é de um “S” mais longo;
  • tipo 2B: geralmente têm mais frizz e apresenta a curvatura em “S” mais definida;
  • tipo 2C: ao contrário dos anteriores, os fios não são tão grudados no couro cabeludo e existe a formação de alguns cachos.

Cabelo cacheado

Os cabelos cacheados têm o formato de caracol bem definido, podendo ter cachos largos, estreitos ou muito estreitos. Veja só os tipos:

  • tipo 3A: os cachos são mais largos e brilhosos;
  • tipo 3B: já nesse caso, os cachos começam a se estreitar e seguem definidos;
  • tipo 3C: esses fios formam cachos bem estreitos, sendo também mais finos e, por isso, frágeis.

Cabelo crespo

Por fim, temos o cabelo crespo, no qual a oleosidade tem maior dificuldade para chegar até as pontas. Os três tipos de fios são:

  • tipo 4A: os cachos são extremamente estreitos, sendo também, geralmente, mais ressecados e fragilizados;
  • tipo 4B: nesse caso, os fios ganham a forma da letra “Z”, por isso, são mais definidos que o tipo anterior;
  • tipo 4C: eles têm a estrutura igual ao tipo B, mas a diferença é que existem áreas em que praticamente não há definição.

Quais são as principais dicas de cabelo?

Agora que você já viu como os fios se formam e quais são os tipos existentes, chegou o momento de saber como cuidar melhor deles. 

Alimentação saudável

Se você está empenhada em ter melhores cuidados com o cabelo, saiba que não adianta comprar os produtos mais incríveis do mercado sem antes pensar em cuidar com carinho do seu corpo.

Nesse sentido, é fundamental adotar uma alimentação saudável, priorizando a ingestão balanceada de diferentes vitaminas, minerais e proteínas.

Enquanto isso, consumir muitos alimentos com carboidratos e açúcares refinados prejudicam a saúde dos fios. Isso porque eles provocam inflamação, resultando em maior oleosidade nos fios.

Temperatura adequada

Você tem o costume de lavar o cabelo com a água do chuveiro praticamente fervendo? Então, é bom começar a abandonar esse hábito. Aliás, essa é uma das dicas de cabelo mais importantes .

Afinal, a alta temperatura causa a abertura das cutículas e, assim, os fios ficam ressecados ao perder a umidade. Além disso, a água quente também provoca mais oleosidade no couro cabeludo, resultando em fios mais oleosos.

É importante também evitar expor os seus fios às altas temperaturas de chapinha, secador e babyliss, pois afetam o couro cabeludo. Se usar o secador, o ideal é que ele fique a 30 cm da raiz do cabelo. Já a chapinha deve ficar a aproximadamente 1,5 cm da raiz.

Corte

Os cortes também são importantes dicas de cabelo. Afinal, se você escolher um corte inadequado ou demorar para cortar os fios, isso pode prejudicar a sua saúde capilar.

Quem tem químicas nos cabelos apresentam maior propensão a desenvolver pontas duplas, triplas, quádruplas… Por isso, o ideal é que o corte seja feito a cada 60 dias. Já se você não tem químicas nos fios, esse prazo pode aumentar para 90 dias.

Cronograma capilar

Para manter a saúde dos seus fios, é importante adotar um cronograma capilar de acordo com o tipo do seu cabelo. Esse cronograma é uma rotina de cuidados que envolve a hidratação, para repor a água dos fios, a nutrição, com o objetivo de recuperar a oleosidade, e a reconstrução, que ajuda a repor a massa dos fios que estavam porosos e fracos.

Ao longo da semana, você fará aproximadamente três tratamentos de acordo com a necessidade dos seus fios. Ou seja, pode ser que você faça duas hidratações e uma nutrição e, na semana seguinte, duas hidratações e uma reconstrução.

Como você pôde notar, existem diferentes dicas de cabelo que devem ser seguidas para que os seus fios sejam bonitos e saudáveis. Então, tente identificar qual é a sua estrutura capilar e, em seguida, adote os cuidados adequados em relação a ela! 

Gostou desse conteúdo? Conta pra gente nos comentários que outras dicas para cabelo você usa no dia a dia e não deixe de nos seguir nas redes sociais! 

  
  

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba conteúdos exclusivos

Gostou? Compartilhe!

Gostou? Compartilhe!

Por: Redatora E aí, rolou?


Deixe seu comentário