Logo_05

7 documentários, filmes e séries sobre assédio sexual

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Assédio sexual é um assunto que precisa ser discutido por toda a sociedade e os documentários, filmes e séries podem ajudar a ampliar essa discussão. Vamos ver 7 exemplos de obras que abordam o assédio de diferentes maneiras.

 

Você sabia que, independente do ambiente, como transporte coletivo, no mercado de trabalho, na escola e também em casa, pessoas do sexo feminino são as mais propensas a sofrerem assédio sexual?

 

Uma pesquisa recente do IBGE revelou que, no Brasil, uma em cada cinco jovens (20,1%) de 13 a 17 anos diz já ter sido assediada. Podendo ser por toque, beijo ou por exposição de partes do corpo contra a vontade. Além disso, 8,8% das meninas nessa idade já foram forçadas ao sexo, a maioria delas antes dos 14 anos.

 

Reconhecer as diferentes formas que o assédio sexual pode ocorrer é fundamental para sabermos como nos protegermos e também como identificá-lo. 

 

Por isso, vamos ver aqui alguns exemplos de filmes, séries e documentários que abordam o assédio sexual em diferentes contextos. 

 

Documentários, filmes e séries sobre assédio sexual

 

Antes de irmos à lista, lembre-se que, por se tratarem de um assunto mais pesado, as produções contêm gatilhos de violência física, psicológica e sexual, então só assista se você estiver se sentindo mentalmente bem, ok? 

 

1 – I may destroy you (Eu posso te destruir)

 

A série “I may destroy you” narra a história de Arabella, uma jovem independente e moderna que vai a uma festa com alguns amigos, onde se diverte, bebe e dança. Apenas no dia seguinte à cena da festa, começamos a entender que algo de errado aconteceu na noite anterior. 

 

E é a partir daí que a série se desenrola, de forma bastante realista, com a protagonista tentando reconstruir a sua vida. I may destroy you foi indicada para diversos prêmios e Michaela Coel, que atuou, dirigiu e escreveu o roteiro da série, levou o Emmy de Melhor Roteiro Original. Vem conferir o trailer e já coloca na sua lista. 👇

 

 

  • Onde assistir: HBO Max
  • Direção: Michaela Coel
  • Ano: 2021

 

2 – Gloria Allred – Justiça para todas

 

O documentário segue a vida pública e privada da advogada de direitos das mulheres Gloria Allred, enquanto ela enfrenta casos de acusações de agressão sexual cometidos por algumas das pessoas mais poderosas da política, dos negócios e também famosos nos Estados Unidos, como o ex-presidente Donald Trump e o comediante Bill Cosby.

 

 

  • Onde assistir: Netflix
  • Direção: Roberta Grossman e Sophie Sartain
  • Ano: 2018

 

3 – Sex Education

 

Essa série aborda diversos assuntos importantes que surgem quando a gente é adolescente. Tais como sexualidade, identidade, bullying, problemas na escola e com a família, e como lidamos com tudo isso. A série é bastante irreverente e original, conquistando muitos fãs, sem deixar de tratar de assuntos sérios. 

 

Uma das questões abordadas, na segunda temporada, é o assédio. A personagem Aimme é assediada no ônibus e sofre um trauma muito grande. Ela consegue superar o medo com a ajuda das amigas e a partir do entendimento de que a culpa não foi dela. 

 

Vem conferir como foi a cena das amigas a apoiando para entrar no ônibus novamente. 👇

 

 

  • Onde assistir: Netflix
  • Direção: Laurie Nunn
  • Ano de lançamento: 2019

 

4 – Um olhar do paraíso

 

Com uma atuação de milhões de Saoirse Ronan, o filme conta a história de Susie Salmon, uma adolescente de 14 anos, morta após ter sido estuprada por alguém da vizinhança que não levanta suspeitas. O filme é sensível sem deixar de ser forte e cruel, ao demonstrar a realidade de tantas jovens que também são violentadas e mortas apenas por serem mulheres. 

 

 

  • Onde assistir: Netflix
  • Direção: Peter Jackson
  • Ano de lançamento: 2009

 

5 – The Morning Show

 

Estrelada por Jennifer Aniston, Reese Witherspoon e Steve Carrel, a série vencedora do Emmy The Morning Show acompanha de forma realista a produção de um jornal matutino de grande audiência nos Estados Unidos, que está lidando com sérias acusações de assédio sexual cometido por um de seus âncoras. 

 

O mais interessante, além do super elenco, é que a primeira temporada parece retratar um caso real de escândalo sexual envolvendo um telejornal famoso. Confira o trailer abaixo. 👇

 

 

  • Onde assistir: Apple TV
  • Direção: Kerry Ehrin
  • Ano de lançamento: 2019

 

6 – Inacreditável 

 

A realidade de meninas e mulheres vítimas de abuso sexual que, muitas vezes, são desacreditadas pela sociedade é o principal tema dessa série da Netflix. O drama é baseado em um caso real e traz a história de uma jovem de 18 anos que contou à polícia ter sido estuprada, mas depois mudou sua versão. 

 

Inacreditável traz de forma bem evidente a questão das vítimas precisarem repetir a sua história incontáveis vezes em um processo como esse, e como isso pode ser desgastante e doloroso. A verdade deste, caso foi descoberta apenas quando passou a ser investigado por duas detetives mulheres.

 

 

  • Onde assistir: Netflix
  • Direção: Susannah Grant; Ayelet Waldman; Michael Chabon;
  • Ano de lançamento: 2019

 

7 – Preciosa – Uma História de Esperança

 

Você ainda não assistiu a esse filme? Então fica a recomendação dessa obra chocante. A história gira em torno da vida de Claireece “Preciosa” Jones, uma adolescente de 16 anos que engravidou e contraiu HIV após ser vítima de abusos sexuais cometidos por seu pai.

 

Vencedor nas categorias de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Atriz Coadjuvante, o filme traz uma realidade dura e chama atenção para um tipo de violência física e psicológica que, infelizmente, ainda acontece nos lares de muitas crianças e adolescentes em diferentes países.

 

 

  • Direção: Lee Daniels
  • Ano de lançamento: 2010

 

Por que precisamos falar sobre assédio?

 

O assédio pode ser definido como abordagens que causam à vítima desconforto, humilhação, intimidação ou perseguição. Além disso, pode ser dividido entre assédio moral, verbal, psicológico e sexual. Como falamos acima, nós mulheres estamos entre as principais vítimas de assédio, além de pessoas LGBTQIA+. 

 

Conhecermos outras histórias sobre assédio, ficcionais ou não, é uma forma de percebermos como não estamos sozinhas nessa luta contra o assédio e nem que devemos ficar caladas ou colocarmos a culpa em nós mesmas.

 

Vem conferir nessa abordagem super completa em nosso blog o que é assédio, como podemos identificá-lo e denunciá-lo. Clique aqui e leia!

 

Referências: Brasil de Fato

Logo_Branco
Copyright 2021. Todos direitos reservados.                   Politica de Privacidade

Copyright 2021. Todos direitos reservados.

 

Politica de Privacidade

CONVERSA ONLINE
E GRATUITA COM GINECO

Passo a passo para ganhar sua consulta grátis:

1. Clique no botão abaixo para ser direcionada ao site da nossa parceira Amorsaude;
2. Escolha um(a) ginecologista no melhor horário para você;
3. Após clicar no horário, cadastre-se na Amorsaude;
4. Digite o voucher EAIROLOU e confirme o agendamento;

5. Pronto! É só aguardar as instruções de acesso por email e SMS para tirar todas as suas dúvidas com seu gineco!