Início » Ciclo menstrual » O que é sangramento de escape?

Ciclo menstrual

O que é sangramento de escape?

13 de julho de 2020 | Por: Redatora E aí, rolou?

Você sabe o que é sangramento de escape?

Sabe quando a menstruação já acabou, tanto que você já não precisa mais do absorvente ou coletor, quando de repente aparece uma manchinha de sangue na calcinha, super fora de época? Isso é o sangramento de escape, ou então, escape menstrual. 

Antes de qualquer coisa, tenha calma! Um sangramento fora do período menstrual pode mesmo assustar qualquer pessoa, mas nem sempre é sinal de que algo está errado ou sinônimo de situação grave.

Escape menstrual é normal em diversas fases da nossa vida. Por isso, aqui vamos esclarecer suas principais dúvidas sobre o assunto e explicar o que pode estar acontecendo com o seu corpo. Vem com a gente!

Queremos te conhecer um pouco melhor.
Responda estas 3 questões em menos de 30 segundos e ajude a gente a produzir conteúdos ainda melhores para você!

Vem com a gente!

O que é sangramento de escape? 

Sangramento de escape (ou escape menstrual) é o nome dado ao sangramento mínimo que pode ocorrer entre um ciclo menstrual e outro. Normalmente o sangramento de escape tem cor mais escura ou bem mais claro que o sangue vivo da menstruação, com aspecto mais encorpado.

Outra característica importante é a quantidade de sangue (que é muito menor que a menstruação), assim como a sua duração. Para você ter uma ideia melhor de quantidade, o escape menstrual é mais ou menos equivalente a 2 colheres de sopa de sangue, enquanto a menstruação pode equivaler a até 8 colheres. Muita diferença! 

Então, resumindo as informações importantes que você precisa saber:

sangramento de escape é qualquer sangramento fora do período menstrual;

menstruação escura e fraca, antes ou depois do período menstrual não é escape menstrual;

o escape não é um sinal de que a menstruação está chegando;

a cor, a quantidade, a duração e o aspecto do sangue do sangramento de escape é bem diferente do sangue da menstruação.

Por que ele acontece?

O principal motivo para o sangramento de escape são as alterações hormonais. Por isso, muitos casos estão relacionados ao uso de anticoncepcional hormonal, seja em pílula, DIU ou injeção.

É mais comum acontecer com quem está iniciando o uso do método contraceptivo ou com pessoas que já o utilizam há muito tempo. Mas também pode ocorrer após uma mudança de método contraceptivo, por uso incorreto da pílula (como esquecimentos) ou após tomar uma pílula do dia seguinte.

Mas o sangramento de escape não acontece somente com quem toma algum anticoncepcional. Ele também pode ser um sinal de que o corpo está passando pelo período de ovulação, por exemplo. Um outro motivo para o sangramento fora da menstruação é a gravidez. 

Ah, o estresse também entra nessa lista viu! Pode parecer que uma coisa não tem nenhuma relação com a outra, mas situações estressantes podem fazer com que os hormônios fiquem desregulados. E aí, todo o corpo sofre com essas alterações.

Todas as pessoas que menstruam estão sujeitas a passar por essa situação em algum momento da vida, independente da fase que esteja. E não é preciso se preocupar.

Estou sangrando fora do período menstrual, isso é normal? 

Sim! Apesar de assustar um pouco, o sangramento fora do período menstrual é sim considerado normal. Principalmente, se você começou a tomar um anticoncepcional hormonal há pouco tempo ou está passando por um momento de muito estresse.

O sangramento também pode ser um indício de outros problemas mais ou menos sérios:

problema na tireoide: mais uma vez a culpa é dos hormônios! Mas nesse caso é da glândula tireoide (que fica localizada no pescoço). Para normalizar a produção deles pode ser necessário adaptar a alimentação conforme orientação do seu médico;

infecções: causadas por fungo, parasitas ou bactérias. O tratamento vai depender do tipo de infecção e somente o médico pode indicar o uso adequado de medicamentos para combater a infecção;

síndrome do ovário policístico: é caracterizada pela presença de cistos no ovário, consequência de um desequilíbrio hormonal. O tratamento também deve ser seguido conforme orientação da ginecologista. Normalmente é recomendado o uso de anticoncepcionais para melhora dos sintomas;

incômodo após exames ginecológicos: sim, nós sabemos! Alguns procedimentos, como o Papanicolau podem mesmo incomodar bastante. E, por isso, é normal que ocorra pequeno sangramento, algum tempo depois de realizado. Não é necessário que você se preocupe, a não ser que o sangramento continue nos dias seguintes.

pólipos uterinos: é mais comum em mulheres na menopausa. Tem relação com o crescimento exagerado de células da parede interna do útero. Exige tratamento apenas quando há suspeita de malignidade.

pré-menopausa: quando acontece em mulheres com mais de 40 anos.
 

Mas não há motivos para se preocupar! Recomendamos que você fique atenta aos sinais que o seu corpo está te dando. Se o escape menstrual acontece apenas de vez em quando, tudo bem. É uma situação normal. Mas se virar rotina, converse um médico ou médica ginecologista!

Dúvidas frequentes sobre escape menstrual

As dúvidas que giram ao redor do ciclo menstrual são inúmeras. E para deixar tudo bem explicado para você, separamos três perguntinhas bem frequentes:

Sangramento tomando anticoncepcional pode ser gravidez?

Talvez. Pode se tratar apenas de um sangramento de escape no meio do seu ciclo menstrual. Entretanto, em alguns casos pode sim ser indicativo de gravidez, pois nenhum método contraceptivo é 100% eficaz. Mas calma, não precisa entrar em desespero!

Queremos te conhecer um pouco melhor.
Responda estas 3 questões em menos de 30 segundos e ajude a gente a produzir conteúdos ainda melhores para você!

Nossa recomendação é esperar a data da próxima menstruação e somente se houver atraso de 15 dias ou mais, buscar atendimento com o seu ou sua ginecologista para investigar o que está acontecendo. Tente se manter o mais tranquila possível, pois o estresse e a ansiedade podem atrasar a menstruação!

Sangramento de escape dura quantos dias?

Isso varia bastante de mulher pra mulher. Em alguns casos, esse fluxo de escape pode durar apenas algumas horas. Em outros pode permanecer por até dois dias. Mais importante que se preocupar com a duração é ficar atenta ao seu corpo, pois ele dá grandes dicas do que está acontecendo.

No caso do escape menstrual, ele tem uma coloração diferente, podendo ser mais claro ou mais escuro que o sangue da menstruação. E tende a ter um curto período de duração. Esses são as principais características que ajudam a diferenciar o escape menstrual da menstruação. É importante que você sempre se lembre dessas características.

É normal ter sangramento de escape se tomo anticoncepcional de uso contínuo?

Sim, é bem normal! Principalmente se você começou a tomar o anticoncepcional há pouco tempo. O que você precisa ficar atenta é que esse sangramento pode ser resultado de um uso inadequado da pílula, como, por exemplo, esquecer de tomar no dia e na hora certa. E isso, menina, diminui a eficiência da pílula, viu!

Não se esqueça disso: tomar o anticoncepcional de forma errada aumenta o risco de uma gravidez indesejada. Por isso, use camisinha em todas as relações sexuais!

Sangramentos de escape são normais e, na maioria das vezes, não trazem nenhum malefício para a saúde. A principal causa é o uso de anticoncepcional hormonal, principalmente se você começou a tomar há pouco tempo.

Mesmo assim, quando o escape menstrual aparece por vários meses, é bom agendar uma consulta com um médico para investigar o motivo. 

Tudo que acontece com o nosso corpo é natural e tem uma explicação. Acredite na gente, nada acontece só com você: todo mundo que menstrua passa por poucas e boas todos os meses! O importante é seguir acompanhando com carinho os movimentos do seu corpo, combinado?

Referências: 

¹ Machado LV. Sangramento uterino disfuncional. Endocrinologia ginecológica. Rio de Janeiro: Medbook. 2006;131-48. 

Gostou? Compartilhe!

Gostou? Compartilhe!

Por: Redatora E aí, rolou?


Deixe seu comentário