Início » Sexo e sexualidade » 5 curiosidades sobre masturbação feminina

Sexo e sexualidade

5 curiosidades sobre masturbação feminina

19 de outubro de 2021 | Por: Redatora E aí, rolou?

A masturbação feminina ainda pode ser tabu para muitas pessoas. Mas, quanto mais debatermos esse assunto e trocarmos experiências, maior a chance dela ser vista como realmente é: totalmente natural e benéfica para a saúde e autoconhecimento de cada  mulher

Por aqui, já começamos a falar sobre masturbação feminina e trouxemos os vários benefícios que ela traz para a vida da mulher. Ela é uma ferramenta de autoconhecimento e de liberdade. E pode nos ajudar a aliviar o estresse, melhorar nosso humor e até mesmo a diminuir o risco de desenvolvermos algumas doenças.

Agora que você já sabe alguns dos benefícios da masturbação feminina, vamos agora conferir as curiosidades sobre o tema. Então, vem com a gente!

Por que ainda é um tabu falar sobre masturbação feminina?

Sabemos que, enquanto a masturbação masculina é muito mais aceita socialmente e ninguém questiona a validade deste ato, para as mulheres, o cenário é bem diferente. 

Um estudo espanhol, de 2009, divulgado na BBC, indicou que, ao passo que 46,8% dos homens que responderam à pesquisa falavam que haviam se masturbado no mês anterior, apenas 4% das mulheres diziam o mesmo.

Seja por preconceito, pela falta de liberdade sexual, machismo e até mesmo por motivos religiosos, até hoje a masturbação feminina pode ser vista de forma negativa pela sociedade. O que pode influenciar na visão que as próprias mulheres tem sobre ela. 

Por isso a importância de falarmos sem tabus sobre masturbação feminina e que se tocar e conhecer seu próprio corpo é natural.

Curiosidades sobre masturbação feminina 

A masturbação é a melhor maneira para você descobrir seus pontos de prazer e o que mais te satisfaz na hora da transa. Além disso, ela traz vários benefícios para a saúde, que vamos comentar abaixo. 

1. Faz bem para a saúde

Pesquisas indicam que a prática pode diminuir o risco de algumas doenças, como é o caso da diabetes do tipo 2 e também as relacionadas a problemas no coração. Durante a masturbação, costuma-se ocorrer o aumento da frequência cardíaca, respiratória e sanguínea. 

É como se a pessoa acabasse de se exercitar, recebendo os benefícios causados pela atividade, que, além de melhorar o sistema imunológico, também ajuda o coração. 

Em relação a diminuição do risco de desenvolver diabetes do tipo 2, isso foi evidenciado pelos pesquisadores Anthony Santella e Chenoa Cooper, junto com a Universidade de Sidney, na Austrália. 

Isso ocorreria porque a masturbação pode reduzir o cortisol e aumentar a liberação de outros neurotransmissores, o que ajudaria a diminuir o estresse e a controlar a depressão. Ambos possuem uma ligação com o desenvolvimento da diabetes.

2. Pode ajudar a dormir melhor 

As mulheres que têm problemas para dormir ou eventualmente demoram para pegar no sono, podem se beneficiar de um dos efeitos da masturbação. Ao atingir-se o ponto máximo de prazer enquanto se toca, o corpo da mulher sente uma onda de relaxamento, que, aliada à redução de cortisol e diminuição do estresse, contribui para uma boa noite de sono. 

3. Melhora o humor

A contribuição para o bom humor está entre as vantagens da masturbação feminina. A diminuição do estresse e a liberação de hormônios que proporcionam prazer (endorfina e dopamina) ao se atingir o orgasmo, proporciona, de modo geral, uma boa melhora do humor.

4. É mais fácil chegar ao orgasmo

Ao conhecer seu corpo e o que lhe traz prazer, com a masturbação é muito mais fácil “ativar” os pontos certos e que lhe proporcionam uma resposta maior do corpo. Principalmente porque, para a maioria das mulheres, é mais fácil “chegar lá” com a estimulação do clítoris. 

Esse autoconhecimento aprendido durante a masturbação pode ser usado na hora do sexo. Compartilhe com seu parceiro ou parceira seus gostos e o que mais lhe satisfaz e não sinta medo de sentir prazer!

5. Existiu um bar no Japão dedicado ao tema

Um bar, que era localizado em Tóquio, no distrito de Shibuya, tinha como objetivo ser um local seguro dedicado às mulheres para compartilhamento de temas considerados tabus a respeito da sexualidade feminina, como a masturbação. A entrada de homens solteiros era proibida, e pessoas do sexo masculino só podiam entrar se acompanhadas. 

A notícia é de 2012, publicada no G1, mas a ideia é curiosa e, talvez, interessante para difundir o conceito para outros lugares do mundo. Seja de forma pública ou privada, precisamos falar sobre sexualidade feminina de forma aberta e disponível à escuta. 

Trocar experiências e aceitar seus desejos e aquilo que te traz prazer é o caminho para uma vida sexual mais livre e satisfatória para todas mulheres.

Masturbação melhora sua relação com seu corpo

Com todas essas informações podemos perceber como a masturbação é uma ferramenta para conhecermos melhor nosso corpo, nossos desejos e pontos de prazer. Falar abertamente sobre ela é o caminho para que cada vez mais mulheres, e a sociedade de forma geral, vejam como é natural se masturbar e é natural se conhecer melhor.

Comente aqui quais curiosidades sobre masturbação feminina você já conhecia e quais você achou mais interessante. Você também pode nos seguir em nossas redes sociais, acesse nosso instagram e facebook

Fontes: Revista Capricho, G1, BBC

Gostou? Compartilhe!

Gostou? Compartilhe!

Por: Redatora E aí, rolou?


Deixe seu comentário