Logo_05

TPM e TDPM: entenda as diferenças

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Vamos entender o que é a TPM (tensão pré-menstrual) e a TDPM (transtorno disfórico pré-menstrual), e quais são as diferenças entre elas. A principal diferença está na intensidade dos sintomas, por isso é importante saber como identificar a TDPM!. Vem com a gente conferir!

 

Segundo o Ministério da Saúde*, a incidência da TPM pode chegar a 80% das mulheres. Enquanto isso, estima-se que cerca de 3% a 8% delas sofram com a TDPM. Apesar disso, muitas mulheres podem sentir dificuldades em reconhecer essa síndrome. Bora mudar essa realidade entendendo melhor porque ela ocorre e como identificar seus sinais. 

 

O que é a TPM ?

 

 

A TPM é a sigla que define a tensão pré-menstrual e apresenta tanto sintomas físicos como alterações de humor, que podem variar de mulher para mulher. Os sintomas podem ir desde uma vontade louca de comer chocolate até mudanças rápidas de humor.

 

  • Retenção hídrica;
  • Aumento da sensibilidade mamária;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Mudança de humor;

 

A gente sabe que é uma situação bem chata, por isso, confira aqui algumas dicas de como conviver melhor com a TPM. 

 

O que é a TDPM?

 

 

Intensidade é a palavra-chave para entender a TDPM. Essa é a sigla do transtorno disfórico pré-menstrual e apresenta sintomas mais extremos do que a TPM, sendo também principalmente mais psicológicos do que físicos.

 

Os principais sintomas da TDPM são:

 

  • Instabilidade emocional;
  • Mau-humor extremo;
  • Humor deprimido;
  • Ansiedade acentuada.

 

Também pode se somar a esses sintomas a dificuldade de concentração, estresse, depressão, baixa energia para realização de atividades e nível alto de cansaço, além de dificuldade para dormir ou dormir demais, entre outros. 

 

Como tem sintomas variados e podem ser confusos com outras síndromes ou doenças, é importante sempre consultar com um médico para o diagnóstico correto.

 

Diferenças entre a TPM e TDPM

 

As duas ocorrem na mesma época, devido a alterações hormonais durante o período pré-menstrual que interferem na atividade de alguns neurotransmissores cerebrais. São essas alterações que podem causar a TPM e, em mulheres mais sensíveis a essas alterações, a TDPM.

 

Basicamente, a diferença da TDPM está relacionada aos sintomas psicológicos de maior intensidade no período pré-menstrual, conforme descrevemos acima. 

 

São sintomas que podem paralisar ou dificultar a condução das atividades normais do dia a dia, além de também prejudicar as relações com outras pessoas. Considerando-se que sintomas como irritabilidade, mau-humor extremo e depressão são bem difíceis de serem enfrentados sem um acompanhamento especializado. 

 

Por isso a importância de conhecer seu próprio corpo e saber reconhecer quando algo está diferente do que você considera como normal. 

 

Como diagnosticar e tratar a TDPM?

 

O diagnóstico da TDPM deve ser realizado pelo ginecologista, contudo, é você que deve relatar para o médico os sintomas que tem sentido e como isso interfere no seu dia a dia. A TDPM possui tratamento multifatorial, pois desde o gineco até o endocrinologista pode te ajudar. 

 

Mudança no estilo de vida, como melhora da alimentação e prática de atividades físicas, também contribui para aliviar os sintomas da TDPM.

 

Vale ressaltar ainda que as mulheres também se sentem bastante incomodadas com a TPM também podem procurar a ajuda do ginecologista.

 

Entre os tratamentos indicados podemos falar do uso do anticoncepcional oral combinado, que, ao inibir o ciclo menstrual, controla as alterações hormonais, ajudando também na redução dos sintomas tanto da TPM como da TDPM.

 

Outras indicações incluem mudanças no estilo de vida, como uso de uma alimentação balanceada, melhora na qualidade do sono e prática de atividades físicas. 

 

Os exercícios físicos são importantes aliados, pois aumentam os níveis de serotonina (conhecido como hormônio da felicidade), justamente os que são reduzidos durante a TPM ou TDPM.

 

Conforme falamos, somente o ginecologista poderá dar para você a indicação final do que realizar para tratar a TDPM ou a TPM. Aqui, a gente te ajuda a encontrar o gineco mais próximo da sua casa. Clique abaixe e agende sua consulta!

 

encontre ginecologista

 

*Referências: G1; Harvard Edu;.

 

Logo_Branco
Copyright 2021. Todos direitos reservados.                   Politica de Privacidade

Copyright 2021. Todos direitos reservados.

 

Politica de Privacidade

CONVERSA ONLINE
E GRATUITA COM GINECO

Passo a passo para ganhar sua consulta grátis:

1. Clique no botão abaixo para ser direcionada ao site da nossa parceira Amorsaude;
2. Escolha um(a) ginecologista no melhor horário para você;
3. Após clicar no horário, cadastre-se na Amorsaude;
4. Digite o voucher EAIROLOU e confirme o agendamento;

5. Pronto! É só aguardar as instruções de acesso por email e SMS para tirar todas as suas dúvidas com seu gineco!