Logo_05

Será que preciso falar sobre minha orientação sexual?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

A sua sexualidade e por quem você sente desejo diz respeito apenas a você e não há necessidade de aprovação social dos outros. Por isso, ao contrário do que muitas pessoas esperam, falar publicamente sobre a orientação sexual é uma questão de escolha de cada um e não uma obrigação de quem se identifica como LGBTQIA+.

 

pride LGBT

 

Vamos entender melhor o que é orientação sexual, com quem você pode conversar sobre isso e como deve ser uma escolha sua falar publicamente sobre a sua orientação ou não. Vem com a gente!

 

O que é orientação sexual?

 

Ela diz respeito a quem você se sente atraído, seja fisicamente ou emocionalmente. Então a sua orientação pode ser:

 

  • assexual: quando a pessoa não se sente atraída por nenhum gênero;
  • bissexual: quando a pessoa se sente atraída pelos gêneros masculino e feminino;
  • heterossexual: quando a atração é pelo gênero oposto;
  • homossexual: quando a atração é pelo mesmo gênero; 
  • pansexual: quando a atração é relacionada às pessoas, independente do sexo ou identidade de gênero;

 

Falar ou não falar sobre a orientação sexual?

 

A gente sabe que ainda é comum a expressão “sair do armário”, mas ela está cada vez mais em desuso. Afinal, ninguém deve esconder a sua orientação sexual em nenhum armário, não é mesmo? 

 

Ao mesmo tempo, em que isso ocorre, também devemos considerar que falar sobre sua orientação sexual e contar para os outros deve ser uma opção sua e de mais ninguém. Cada um tem seu próprio tempo e, claro, tem direito à privacidade.

 

orgulho lgbt - orientação sexual

 

Isso porque, afinal, se héteros não precisam “assumir” sua sexualidade para os outros, por que quem se identifica como LGBTQIA+ precisaria?

 

Contudo, se falar sobre a sua orientação sexual for uma questão de afirmação importante para você, se joga! 

 

Você pode falar para quem quiser sobre sua orientação sexual, e esperar que as pessoas respeitem a sua escolha.

 

Com quem conversar sobre minha orientação sexual?

 

A adolescência é o momento de tirar dúvidas, falar sobre como você se sente e entender melhor seus sentimentos e sua sexualidade.

 

Você pode conversar sobre sua orientação com seus pais, mas se você sentir que o clima não é favorável, os amigos podem ser a sua base nesse primeiro momento. 

 

Para tirar dúvidas em relação à orientação sexual você também pode conversar com um psicólogo ou com um ginecologista, que pode te ajudar a se entender melhor. 

 

E, independente de quem você converse sobre sua orientação sexual (ou se você decidir não falar sobre isso), tenha em mente que é completamente natural sentir o que você está sentindo, combinado?

 

Se você se interessou sobre essa temática LGBTQIA+, talvez também tenha interesse para conhecer os contraceptivos para pessoas trans e não-binárias. Acesse aqui!

 

Continue acompanhando nossos conteúdos sobre diversidade, sexualidade e autocuidado.

 

Referências: Observatório G;

Logo_Branco
Copyright 2021. Todos direitos reservados.                   Politica de Privacidade

Copyright 2021. Todos direitos reservados.

 

Politica de Privacidade

CONVERSA ONLINE
E GRATUITA COM GINECO

Passo a passo para ganhar sua consulta grátis:

1. Clique no botão abaixo para ser direcionada ao site da nossa parceira Amorsaude;
2. Escolha um(a) ginecologista no melhor horário para você;
3. Após clicar no horário, cadastre-se na Amorsaude;
4. Digite o voucher EAIROLOU e confirme o agendamento;

5. Pronto! É só aguardar as instruções de acesso por email e SMS para tirar todas as suas dúvidas com seu gineco!