Logo_05

Não menstruar faz mal para a saúde?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Descubra se você pode escolher não menstruar ou se isso pode trazer algum tipo de prejuízo para sua saúde. Acompanhe o artigo.

 

Falar sem tabu sobre menstruação é fundamental para entendermos melhor nosso corpo e como ela influencia na nossa saúde. Também é importante para quebrar alguns mitos que muitas vezes acreditamos serem verdadeiros. 

 

Como é o caso de ainda acreditarmos que não menstruar pode fazer mal para nosso organismo. É possível, sim, escolher parar a menstruação por um tempo, sem que o sangue “fique parado” no organismo ou que isso traga algum prejuízo para a saúde. 

 

Antes de tomar sua decisão, é preciso ter a orientação de um especialista, que apresentará todos os prós e contras de interromper ou não a menstruação. O ideal é se consultar com um ginecologista para tirar as suas dúvidas e indicar qual a melhor opção para você. 

 

ginecologista

 

Confira algumas informações importantes para você ter em mente até decidir não menstruar ou, então, seguir com seu ciclo menstrual padrão, a cada 28 dias. Vamos lá?

 

Não menstruar faz mal?

 

Alguma vez sua mãe ou avó, de repente até aquela tia mais velha, falou para você que, se o sangue da menstruação não desce, ele vai para a cabeça? Ou, então, que ele fica parado no seu organismo e pode fazer mal à saúde?

 

Assustador, né? E isso pode nos deixar com muito medo e achar que não menstruar faz mal para a saúde. Mas será que faz mesmo?

 

Isso até podia fazer sentido há muito tempo, mas agora, com o avanço da medicina e do desenvolvimento de medicamentos, como é o caso da pílula anticoncepcional, a interrupção da menstruação é muito mais segura hoje em dia. Desde, é claro, que ela seja orientada pelo seu ginecologista.

 

Além disso, se a sua menstruação não desce há muito tempo, pelo menos dois ou três meses, e você não está tomando nenhuma medicação ou utilizando algum método contraceptivo com esse intuito, é fundamental ir ao especialista para entender o que pode estar acontecendo com seu corpo. Saiba mais sobre os possíveis motivos da menstruação atrasada aqui.

 

Mas, de forma resumida, parar de menstruar não faz mal para a saúde, se essa for uma escolha consciente sua, seguindo a orientação de seu especialista e o método que faça mais sentido para seu organismo. Afinal, o que funciona para uma mulher, pode não funcionar para outra, não é mesmo? 

 

Não menstruar é seguro?

 

Com o desenvolvimento de diferentes tipos de métodos contraceptivos para melhorar nossa qualidade de vida, a menstruação tornou-se, sim, opcional. Mas é preciso entender como isso funciona e quais as consequências dessa decisão. 

 

De modo geral, ficar sem menstruar devido ao uso contínuo de anticoncepcionais hormonais com progesterona (com ou sem estrogênio), não traz problemas à saúde. Se o seu ginecologista aprovar o uso e recomendá-lo para você, pode ficar tranquila com esse processo.

 

Isso porque, todo o ciclo menstrual, de formação do endométrio no útero para esperar a fecundação, e seu posterior descarte no sangue menstruação, é interrompido com o uso contínuo do medicamento. 

 

Dessa forma, não há razão para acreditarmos que o “sangue ficará parado” no corpo ou que pode “subir para a cabeça”, como nossas avós ou bizas podem ter acreditado. Já que todo esse processo deixará de acontecer. 

 

Boa parte dos ginecologistas concorda que não menstruar seja seguro, desde que seguido o método escolhido corretamente. Mas essa opinião pode mudar de médico para médico e também em relação ao organismo de cada paciente, que é único.

 

Cada caso deve ser analisado individualmente, por isso é essencial conversar com seu ginecologista, ao invés de tomar essa decisão sozinha, combinado?

 

Como decidir por interromper ou não a menstruação? 

 

Para decidir, consulte seu ginecologista e verifique com ele todos os prós e contras para sua saúde entre menstruar ou não menstruar. Mas, acredite, essa é uma decisão sua, pautada na orientação de seu médico especialista e nas particularidades do seu corpo

 

Além disso, também nada impede você de mudar de ideia depois de um tempo, independente do que decidir agora. Antes de encerrarmos, confira mais algumas informações importantes e benefícios, tanto de não menstruar como de seguir com seu ciclo menstrual.

 

Não menstruar pode ser benéfico principalmente para as mulheres que possuem um fluxo muito intenso e se sentem incomodadas com isso. Ou que sentem cólicas menstruais muito fortes, dor nas pernas e outros sintomas da TPM de forma excessiva. Quando a menstruação, de uma forma ou de outra, prejudica o bem-estar e qualidade de vida da mulher.

 

Agora, um dos principais benefícios da menstruação, é que podemos entendê-la como um bom “termômetro” da nossa saúde. Todo mês ela chega para nos dizer que está tudo certo com nosso organismo, ou então que temos que ficar alertas com possíveis problemas à vista.

 

Com a menstruação, é mais fácil o médico monitorar problemas de ordem endocrinológica, nos ovários ou até mesmo distúrbios alimentares, endometriose, entre outros. Se a mulher não menstrua, essa verificação da saúde da mulher, a partir da menstruação, não poderá ocorrer, podendo dificultar o diagnóstico de algumas doenças. 

 

Com todas essas informações, nosso recado final é este: a escolha é sua, com orientação de seu gineco! Converse com um online e tire as suas dúvidas gratuitamente.

 

consultar com ginecologista

 

Você tem vergonha de ir ao ginecologista? Confira 5 dicas que podem encorajar você!

Logo_Branco
Copyright 2021. Todos direitos reservados.                   Politica de Privacidade

Copyright 2021. Todos direitos reservados.

 

Politica de Privacidade

CONVERSA ONLINE
E GRATUITA COM GINECO

Passo a passo para ganhar sua consulta grátis:

1. Clique no botão abaixo para ser direcionada ao site da nossa parceira Amorsaude;
2. Escolha um(a) ginecologista no melhor horário para você;
3. Após clicar no horário, cadastre-se na Amorsaude;
4. Digite o voucher EAIROLOU e confirme o agendamento;

5. Pronto! É só aguardar as instruções de acesso por email e SMS para tirar todas as suas dúvidas com seu gineco!