Logo_05

Um papo descomplicado sobre virgindade

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Vamos descomplicar esse papo sobre virgindade? É bem difícil encontrar espaços em que a gente se sinta à vontade para falar sem constrangimento sobre a primeira vez, não é mesmo?

 

Com tanto tabu envolvido é normal que muitas adolescentes tenham vergonha de conversar abertamente sobre esse assunto, mas não devia ser assim. 

 

Afinal, é natural falar sobre a nossa sexualidade e conhecer melhor nosso corpo e desejos. É nisso que acreditamos, por isso estamos aqui! 

 

Bora, então, ter um papo sincero sobre virgindade? Vamos juntas!

 

Vamos falar sobre virgindade?

 

Primeiro, vale dizer que se a gente parar para pensar, a virgindade está muito mais ligada a um conceito cultural e social do que a uma questão física ou científica.

 

Você pode perceber que é mais comum ouvirmos falar sobre “perder a virgindade” como se fosse algo só das meninas e não dos meninos também. Principalmente porque os meninos sofrem um tipo diferente de pressão. 

 

Para as meninas a pressão da sociedade está muito mais relacionada a se “guardar” para alguém especial. 

 

Ao mesmo tempo, em que isso ocorre, há também uma pressão entre os próprios adolescentes para que a primeira vez ocorra já durante o ensino médio. 

 

Mas você não precisa ceder a nenhuma dessas pressões externas! A sua primeira vez pode ocorrer no seu próprio tempo e conforme as suas preferências. Combinado?

 

Sempre há sangramento na primeira vez?

 

Nem sempre! O sangramento na primeira vez é bem relativo de mulher para mulher, você sabia?

 

Para começar, o hímen, que nada mais é do que uma membrana fina protetora localizada na abertura da vagina. Então ele pode se romper de outras formas, além da penetração durante a sua primeira relação sexual. 

 

Andar de bike, praticar esportes, montar a cavalo, se masturbar com dedos ou objetos, movimentos bruscos ou até mesmo o impacto na água podem romper o hímen antes da primeira vez. 

 

Por se tratar de uma membrana muito fina, é possível também que você não sangre, mesmo se o hímen se romper somente durante a penetração, ao você “perder” a virgindade. Isso porque cada pessoa pode ter uma reação diferente. 

 

Então, como dissemos, depende muito de cada organismo e situação, e você não será “menos virgem” por não sangrar na sua primeira vez. 

 

Além disso, essa pergunta nos leva a outra questão, sendo justamente saber se a virgindade estaria ligada apenas ao rompimento do hímen. Será mesmo?

 

Virgindade está ligada somente ao hímen? 

 

Tá aí mais um mito que colocaram na nossa cabeça! A virgindade não está relacionada apenas com o rompimento do hímen. 

 

Na verdade, há os dois casos, tanto de meninas que podem ter sua primeira relação sexual sem romper, necessariamente, o hímen, pois relações íntimas não se resumem ao ato da penetração vaginal, não é mesmo? Há muitas outras formas de sentir e dar prazer, como você pode ver aqui neste guia do prazer feminino.

 

Assim como também você pode nunca ter tido uma relação sexual e já ter tido seu hímen rompido em outra situação ou atividade e tá tudo bem. 

 

Por isso, o conceito de virgindade é muito mais sobre o que você considera sobre como ou quando será ou foi sua primeira vez do que sobre o que os outros dizem, combinado?

 

Vale dizer também que o conceito de “perder a virgindade” já está um pouco ultrapassado, pois, a primeira vez diz respeito a uma experiência nova em nossas vidas.

 

A primeira vez traz diferentes responsabilidades, tais como fazer sexo seguro e se prevenir tanto de infecções sexualmente transmissíveis, quanto de uma gravidez indesejada, mas não está relacionada a algo que “perdemos”, beleza?

 

Com quem posso falar sobre sexo?

 

Se você não se sente a vontade para falar sobre sexo, primeira vez, prevenção e métodos contraceptivos com a sua mãe ou adulto responsável, a pessoa mais indicada para ter essa conversa de forma responsável e com informações é o ginecologista.

 

O ginecologista é o especialista que pode tirar todas suas dúvidas a respeito disso e pode ficar tranquila, que ele está acostumado a responder às mais diferentes perguntas a respeito de sexualidade, corpo e como se prevenir. Então, nada de ter vergonha de perguntar o que você quiser para seu ginecologista, combinado?

 

Aqui a gente te ajuda a ter esse papo com um ginecologista de um jeito muito mais fácil e descomplicado. Não adie mais essa conversa! É só clicar na imagem abaixo e agendar uma consulta com um gineco próximo da sua região. 

 

ginecologista

 

E já envia esse conteúdo para uma amiga que você sabe que também precisa de uma conversa descomplicada sobre virgindade.

 

Para tirar todas as suas dúvidas sobre a primeira vez, acesse este guia honesto que preparamos para você!

Logo_Branco
Copyright 2021. Todos direitos reservados.                   Politica de Privacidade

Copyright 2021. Todos direitos reservados.

 

Politica de Privacidade

CONVERSA ONLINE
E GRATUITA COM GINECO

Passo a passo para ganhar sua consulta grátis:

1. Clique no botão abaixo para ser direcionada ao site da nossa parceira Amorsaude;
2. Escolha um(a) ginecologista no melhor horário para você;
3. Após clicar no horário, cadastre-se na Amorsaude;
4. Digite o voucher EAIROLOU e confirme o agendamento;

5. Pronto! É só aguardar as instruções de acesso por email e SMS para tirar todas as suas dúvidas com seu gineco!