Logo_05

Mitos e verdades sobre a pílula anticoncepcional

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Mesmo que muito comum, o uso da pílula anticoncepcional ainda é um assunto que gera discussões e controvérsias. Por isso, vamos desvendar alguns mitos e verdades sobre o tema. Curiosa? Então vem com a gente!

 

Aprovada para comercialização em 1960, nos Estados Unidos, o medicamento rapidamente se difundiu pelo mundo até chegar às farmácias brasileiras. 

 

Toda essa propagação fez com que a pílula anticoncepcional se tornasse um dos medicamentos mais estudados da história. Mas, embora o medicamento exista há mais de 60 anos, ainda há uma série de questionamentos sobre seu uso. Muitos deles são são exageros, alguns podiam fazer sentido com os medicamentos daquela época e outros são mitos. 

 

Compreender como a pílula funciona e usá-la corretamente pode ajudar a evitar diversas reações, como sangramento irregular ou desequilíbrio hormonal, além, é claro, de seu efeito contraceptivo para evitar uma gravidez não planejada.

 

Por isso, separamos os principais mitos e verdades que ainda cercam este medicamento tão comum para nós mulheres. Continue a leitura e confira. 

 

1. A pílula é responsável pelo ganho de peso – Depende

 

Uma das associações mais comuns ao uso de pílulas anticoncepcionais é o ganho de peso, no entanto a história não é bem assim. Muitas mulheres se perguntam se, afinal, tomar anticoncepcional engorda?

 

Ainda que algumas pessoas parecem ganhar peso com a pílula, nenhuma pesquisa foi capaz de apontar a relação entre o uso de medicamento e aumento de gordura corporal. 

 

Contudo, o que pode ocorrer é a retenção de líquido influenciada pelo uso medicamento, o que poderá afetar o número na balança. Além disso ,o estrogênio, um dos hormônios presentes no anticoncepcional, pode alterar a disposição do tecido gorduroso.

 

Tendo isso em mente, o ideal é você esclarecer mais detalhadamente com seu ginecologista essa dúvida e também realizar um acompanhamento para ver como o seu corpo irá reagir. 

 

Além disso, lembre-se da importância da pílula anticoncepcional como um método contraceptivo confiável e de seus benefícios para regular seu ciclo menstrual, entre outros.

 

2. A pílula é um medicamento seguro – Verdade

 

Muito se questiona se o uso do anticoncepcional é seguro ou pode causar futuras complicações. 

 

Como já dissemos, este é um dos medicamentos mais estudados do mundo e passa por um rigoroso controle antes de ser distribuído. 

 

Diante disso, em caso de recomendação da sua ginecologista, pode ficar tranquila em relação ao consumo (ainda que prolongado) do medicamento. 

 

encontre ginecologista

 

3. O uso prolongado afeta a fertilidade – Mito 

 

Não há uma conexão direta entre o consumo da pílula e a infertilidade. Da mesma maneira que a mulher pode engravidar logo após a interrupção da pílula, outras podem demorar um tempo maior para ficarem grávidas.  

 

Isso porque cada corpo reage de uma forma diferente diante do consumo do anticoncepcional. 

 

4. O uso da pílula ajuda no controle da acne – Verdade

 

O surgimento da acne é uma reação comum, principalmente entre adolescentes, e está vinculada à maior exposição aos hormônios nessa faixa etária. 

 

Nesse sentido, o uso da pílula anticoncepcional costuma ser recomendado por ginecologistas e, em alguns casos, até mesmo por dermatologistas, com o objetivo de controlar o aparecimento das espinhas que tanto incomodam as adolescentes.

 

5. A pílula interfere no fluxo menstrual – Verdade

É comum muitas meninas procurarem a pílula anticoncepcional com o objetivo de controlar e regular o ciclo menstrual, principalmente sob a recomendação do gineco. E isso realmente ocorre com o uso correto da pílula anticoncepcional.

 

Além de regular o ciclo menstrual e de seu efeito contraceptivo, a pílula ajuda nos sintomas indesejados, associados ao período menstrual, como cólica, TPM e o fluxo menstrual intenso.

 

É claro que cada pessoa pode reagir de uma forma diferente ao uso da pílula anticoncepcional, por isso é importante ter a recomendação e acompanhamento do ginecologista

 

6. Só a pílula anticoncepcional basta – Mito

 

“Engravidei mesmo tomando pílula”. Essa frase costuma causar arrepios em muita gente… Mas por que, apesar de não tão comum, isso pode acontecer?

 

Alguns estudos científicos apontam que o índice de eficácia da pílula é de até 99%, ou seja, há uma pequena margem para que o inesperado aconteça. 

 

Então, para uma maior segurança (e proteção contra infecções sexualmente transmissíveis), recomenda-se que o uso de preservativos não seja deixado de lado. 

 

Além disso, a eficácia da pílula cai drasticamente se o medicamento não for usado corretamente. Por isso, hábitos como esquecer de tomar a pílula com frequência ou não tomá-la sempre no mesmo horário devem ser evitados ao máximo para garantir a maior eficácia da pílula. 

 

7. A pílula pode afetar o seu desejo sexual – Depende

 

A maioria das mulheres não experimentará nenhuma mudança em seu desejo sexual (libido) quando começar a tomar a pílula anticoncepcional.

 

No entanto, há um pequeno número de mulheres que experimentam uma diminuição na libido. Já, outras mulheres, relatam melhora da libido, principalmente no intervalo entre as cartelas.  . 

 

Por isso, é fundamental ter o acompanhamento de um ginecologista ao usar o anticoncepcional pela primeira vez ou trocar de anticoncepcional e verificar as suas reações ao medicamento.

 

Vale ressaltar que, justamente por conta do uso do anticoncepcional, muitas mulheres sentem um aumento em sua libido, pois a segurança de se utilizar um método anticoncepcional confiável faz com que elas se sintam mais tranquilas e livres para explorar sua sexualidade

 

Na dúvida, converse com sua ginecologista 

 

As pílulas anticoncepcionais têm efeitos variados em pessoas diferentes.

 

Cada mulher possui suas particularidades, diante disso, é a sua ginecologista a responsável por determinar se a pílula (e qual pílula) é adequada para você, combinado?

 

Por isso, compartilhe as suas preocupações com um ginecologista e não deixe ser levada pela desinformação. 

 

Agende uma consulta com um gineco parceiro do E aí, rolou? e esclareça todas as suas dúvidas!

 

ginecologista

Logo_Branco
Copyright 2021. Todos direitos reservados.                   Politica de Privacidade

Copyright 2021. Todos direitos reservados.

 

Politica de Privacidade

CONVERSA ONLINE
E GRATUITA COM GINECO

Passo a passo para ganhar sua consulta grátis:

1. Clique no botão abaixo para ser direcionada ao site da nossa parceira Amorsaude;
2. Escolha um(a) ginecologista no melhor horário para você;
3. Após clicar no horário, cadastre-se na Amorsaude;
4. Digite o voucher EAIROLOU e confirme o agendamento;

5. Pronto! É só aguardar as instruções de acesso por email e SMS para tirar todas as suas dúvidas com seu gineco!